Ribera – O SONHO DE JACÓ

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O pintor barroco, desenhista e gravador espanhol Jusepe de Ribera (1591 – 1652) embora tenha nascido na Espanha mudou-se muito jovem para a Itália, tendo, portanto, dupla nacionalidade, sendo reivindicado pelos dois países. Entre os italianos recebeu o apelido de “Lo Spagnoletto” (O Espanholinho) em razão de sua pequena estatura. Foi influenciado pela arte de Corregio e de Caravaggio. Foi muito admirado pelos patronos e colecionadores espanhóis, sendo tido como um dos mais famosos pintores espanhóis do século XVII, embora não tenha voltado ao seu país de origem. Pintou, sobretudo, obras religiosas. Foi professor de Luca Giordano, dentre outros.

A composição intitulada O Sonho de Jacó é uma das obras-primas do artista — uma poesia lírica do naturalismo. Ribera reafirma neste trabalho o seu delicado senso de cor e a sua grande capacidade composicional. Ele coloca maravilhosamente os volumes de primeiro plano em contraposição diagonal. Também divide a tela em dois reinos distintos: o terrestre e o superior; o dos sonhos e o da espiritualidade. Lança mão de uma passagem do Antigo Testamento (Gênesis 28: 11-19) — que conta a história do patriarca Jacó — para criar o maravilhoso retrato de um homem de meia-idade que se encontra aparentemente adormecido num local solitário. O trabalho do artista mostra, ao mesmo tempo, um grande realismo e uma profunda religiosidade.

Jacó é mostrado, ao parar para descansar na estrada, como um homem humilde, vestido com trajes de pastor. Ele descansa deitado sobre seu ombro esquerdo. Sua expressão pensativa e o céu azul acinzentado, acrescido de uma parte brilhante e adornada por anjos são uma referência ao seu estado sonhador. A sua figura horizontal adormecida, em primeiro plano, trazendo a cabeça sobre um travesseiro de pedras, ocupa quase todo o comprimento da tela e junto com o tronco de árvore, à esquerda, forma um ângulo reto. A composição da obra é muito harmoniosa, como mostra o tronco da árvore que cria uma linha diagonal para contrabalançar o corpo de Jacob. Na pedra situada no canto inferior direito uma inscrição revela: “Jusepe de Ribera, Español. 1639”.

O sonho do jovem patriarca é sugerido no grande facho de luz que se estende atrás de parte de seu corpo, abrangendo sua cabeça e iluminando seu rosto: dentro da névoa dourada — representando a escada — são vistas silhuetas de anjos que sobem e descem do céu. Tamanha é a habilidade e delicadeza do artista ao pincelar os seres divinos que eles se tornam praticamente invisíveis. É também surpreendente sua capacidade em construir um discurso metafórico. A imagem de um pastor descansando no campo é revertida para uma das histórias bíblicas mais conhecidas. Ribera era um mestre em lidar com transições sutis incríveis entre cores e passagens da luz ao escuro.

Ficha técnica
Ano: 1639
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 179 x 233 cm
Localização: Museu do Prado, Madri, Espanha

Fontes de pesquisa
Pintura na Espanha/ Cosac e Naify Edições
1000 obras-primas da pintura europeia/ Könemann
https://www.artble.com/artists/jusepe_de_ribera/paintings/jacob’s_dream
http://musmon.com/en/content/129/en/MuseoDelPrado/26
https://www.museodelprado.es/en/the-collection/art-work/jacobs-dream/c84dbc72-

4 comentários em “Ribera – O SONHO DE JACÓ

  1. Daniel Matsunaga

    Olá, Lu!

    Fiquei feliz em conhecer este seu projeto de falar sobre Arte. Como leigo que sou, achei muito interessante esta primeira leitura e como se vê uma arte como “O Sonho de Jacó”. Para se ter a percepção de tantos detalhes, acredito que tenho que estudar muito sobre este tema tão belo. Sempre que tiver um tempinho vou ler uma postagem, pois tenho certeza que me ensinará muito.

    Parabéns pela iniciativa e compartilharei a experiência com meus colegas de escola para que possam prestigiar e aprender também. Sucesso e forte abraço!

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Daniel

      Receber a sua visita e comentário deixou-me muito feliz. Quanta saudade! Obrigada!

      O meu projeto de dividir com meus leitores um curso da História da Arte nasceu durante essa pandemia terrível que se apossou do mundo. Achei que seria uma maneira de ajudar as pessoas a desviarem um pouco a mente de tantos pensamentos ruins, pois, segundo dizem, “mente ociosa é oficina do diabo”. A resposta tem sido ótima. Todo dia há gente nova começando o curso. O mais importante é que, ao estudarmos a história da arte, também estamos estudando a história da humanidade (social, econômica, política e religiosa). A compreensão dessas épocas abrirá nossa mente em relação aos acontecimentos do mundo, explicando-nos por que as coisas aconteceram assim ou assado ou como poderiam ter sido diferentes.

      Alegra-me muito o fato de tê-lo como participante deste curso e saber que irá repassá-lo para colegas e amigos. Você é uma pessoa extremamente sensível e inteligente, por isso, acho que o curso tem tudo a ver com você.

      Abraços,

      Lu

      Responder
      1. Daniel Matsunaga

        Sim, quanto tempo não é mesmo? A vida nos levou a caminhos opostos, mas nossos caminhos voltaram a se cruzar e com essa surpresa muito boa, através da aprendizagem. Hoje somos colegas, eu me formei professor em Educação Física e leciono na Rede Pública Estadual com muito orgulho. Acredito que o Ensino está no sangue da família, afinal, temos muitos professores nela. No momento estou com o tempo bem reduzido por algumas circunstâncias, os cuidados com minha mãe e minha corrida à uma vaga na Câmara Municipal de Machacalis. Novos tempos, novos sonhos, novos desafios. Estamos sempre nos reinventando.

        Vou organizar melhor meu tempo para poder acompanhar com mais frequência seu site e aprender, aumentando assim minha capacidade de entendimento do ser.

        Abraços a você e Moá.

        Sucesso sempre!

        Responder
        1. LuDiasBH Autor do post

          Daniel

          É com grande alegria que venho acompanhando o seu desenvolvimento intelectual, profissional e, sobretudo, humanista. Você tem se transformado num ser humano pautado por grande sabedoria. Realmente o ensino está no âmago de nossa família. Estamos sempre prontos a transmitir o saber e também a buscá-lo, o que para mim é o caminho que nos leva à integração absoluta com a humanidade e com a natureza. Estou torcendo para que realize a sua caminhada até a Câmara Municipal, pois possui tudo para ser um excelente legislador, contribuindo para o crescimento dessa cidade tão querida. Estamos todos torcendo por você! No que precisar de mim é só dizer. Também estamos acompanhando a melhora progressiva de sua mãe, assim como o carinho e atenção que lhe devota.

          Quero muito que tire um pouquinho de seu tempo para fazer o nosso curso de História da Arte, pois essa nada mais do que o reflexo da história da humanidade nas suas diferentes épocas. Verá como tem tudo a ver com o campo social e político do homem.

          Beijo no coração,

          Lu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *