Anita Malfatti – O FAROL

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

O FAROL

Pintávamos na ventania, ao sol, na chuvarada e na neblina. Eram telas e telas. Era a tormenta, era o farol, eram as casinhas dos pescadores escorregando pelos morros, eram as paisagens circulares, o sol e a lua e o mar. (Anita Malfatti)

O maior progresso que realizei na minha vida foi nessa ilha e nessa época de ambientes muito especiais. Eu vivia encantada com a pintura. (Anita Malfatti)

A composição O Farol, obra da pintora Anita Malfatti, situa-se entre as suas obras mais famosas. É também conhecida como O Farol de Monhegan. Foi pintada na ilha de Monhegan, na costa leste estadunidense, ao ar livre, quando era aluna do professor Homer Boss, que permitia que seus alunos expressassem-se com liberdade, espalhando-se pelo local. Anita retrata o farol da ilha e as casinhas próximas a ele.

A pintora traz à tona, nesta obra e em algumas outras, as influências expressionistas aprendidas durante o tempo em que passou estudando na Alemanha. Ela distribui sobre a tela uma infinidade de cores fortes e vibrantes, que repassam um grande dinamismo.

O céu de O Farol traz uma infinidade de cores, destacando as pinceladas enérgicas e ligeiras da pintora, que passam a sensação de certa agitação, embora embaixo reine tranquilidade. As pinceladas de cor branca levam luminosidade ao céu da pintura. Esta obra também nos lembra o artista holandês Vincent van Gogh.

Esta pintura faz parte das obras da artista, expostas na Semana de Arte Moderna.  Anita Malfatti expôs 53 trabalhos, entre figuras: Tropical (1917), A Estudante Russa (ca.1915), O Japonês (1915-1916), O Homem Amarelo (1915-1916), A Mulher de Cabelos Verdes (1915-1916)]; paisagens: O Farol de Monhegan (1915), A Ventania (1915-1917), A Palmeira, O Barco (1915); gravuras : Boneca Japonesa, Anjos de Rubens, O Burrinho; caricaturas e desenhos: Festa no Trianon, Impréssion de Matisse, O Movimento.

Ficha técnica
Ano: c. 1915-1916
Dimensões: 46,5 x 61 cm
Técnica: óleo sobre tela
Localização: Acervo da Coleção Gilberto Chateaubriand, MAM, Rio de Janeiro, Brasil

Fonte de pesquisa
Anita Malfatti/ Coleção Folha

13 comentários sobre “Anita Malfatti – O FAROL

  1. Ana Angelica

    Olá, Lu,
    gostaria de saber se Anita levou O FAROL para expor na semana de Arte Moderna. Tenho um trabalho para fazer e não encontro relatos sobre as obras que ela levou.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Ana Angélica

      Anita Malfatti expôs 53 trabalhos, entre figuras: Tropical (1917), A Estudante Russa (ca.1915), O Japonês (1915-1916), O Homem Amarelo (1915-1916), A Mulher de Cabelos Verdes (1915-1916)]; paisagens: O Farol de Monhegan (1915), A Ventania (1915-1917), A Palmeira, O Barco (1915); gravuras : Boneca Japonesa, Anjos de Rubens, O Burrinho; caricaturas e desenhos: Festa no Trianon, Impréssion de Matisse, O Movimento.

      Amiguinha, “O Farol”, também conhecido como “O Farol de Monhegan” fez parte, sim, da exposição da artista na Semana da Arte Moderna. Espero ter ajudado.

      Beijos,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Haroldo

      É muito bom saber que o artigo foi de serventia para você. Temos outros artigos sobre obras de Anita Malfatti e também de outros pintores brasileiros, assim como de muitos extrangeiros. Será sempre uma honra contar com a sua presença.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Gabrieli Karacz Bett

    Nossa! Muito obrigada! O artigo me ajudou no meu trabalho de artes da escola. Era tudo que eu precisava!

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Gabrieli

      Fico feliz ao saber que o texto ajudou-a em seus trabalhos escolares. Você encontrará muitos outros, assim como diferentes assuntos para pesquisa. Esta é a finalidade deste blog. Repasse para seus colegas o nosso endereço.

      Agradeço sua visita e comentário. Venha sempre nos visitar.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  3. Adelina Franco

    Boa tarde!

    Tenho em meu poder uma colecção de artistas brasileiros, entre eles, este farol, cópias de artistas brasileiros, feitas por JOSE PIQUET CARNEIRO, em 1973. É um album muito bem feito. Podem me dizer alguma coisa sobre esse álbum.
    Obrigada!

    Adelina Franco

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Adelina

      Pesquisando encontrei:

      “CARNEIRO, José Piquet (Org.) : ARTE BRASILEIRA 2. Riex. Rio de Janeiro. 1973. São dez reproduções originais. Uma de cada pintor: Anita Malfatti, Antônio Bandeira, Burle Marx, Djanira, Di Cavalcanti, Glauco Rodrigues, Guignard, Pancetti, Portinari e Volpi (10). Encadernação original (Tecido) em ótimo estado. Exemplar Nº 0339. Formato 48x42cm. Reproduções em perfeito estado de conservação. Bela edição. Segue caixa papel original da edição.”. Veja o endereço: https://www.levyleiloeiro.com.br/peca.asp?ID=188290&ctd=438&tot=600&tipo=

      O texto diz que são reproduções originais. Aconselho-a a levá-las a uma escola de pintura idônea ou a um museu de artes pictóricas, para pedir que sejam avaliadas.

      Um grande abraço,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Lucida

      Que bom que tenha gostado do artigo. Agradeço sua visita e comentário. Volte mais vezes e fale deste blog para seus amigos.

      Grande abraço,

      Lu

      Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Amiga

      Agradeço a sua visita ao blog. É sempre bom saber que podemos ajudar, trazendo informações com fontes seguras. Temos o estudo de diversos pintores, nacionais e internacionais. Sinta-se em casa. E traga seus colegas e amigos.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *