Bosch – CRISTO CARREGANDO A CRUZ

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

cristo

Perdoai-os Senhor, pois eles não sabem o que fazem. (Cristo)

Cristo Carregando a Cruz é uma das mais fantásticas obras de Hieronymus Bosc, sendo bem provável que se trate de um dos seus últimos trabalhos. É possível encontrar um pouco do estilo expressionista nas feições dos personagens presentes na obra. O artista consegue, através da expressão distorcida das figuras, repassar um clima de tensão, ódio, brutalidade e vingança.

No espaço quadrado da obra, o artista reuniu dezessete personagens, ao retratar a humilhação pública de Cristo. Algumas delas são vistas a partir da metade superior do tronco, outras a partir do ombro, e de algumas só aparece a cabeça ou o rosto. A ocultação do corpo das figuras repassa ao observador uma sensação de abafamento e aglomeração. Não há profundidade na composição, de modo que não é possível ao observador, desviar sua atenção  dos rostos grotescos e do rosto inocente de Cristo.

Jesus, a caminho do Calvário, ocupa o centro da pintura. E sua cruz, em diagonal, apresenta apenas a parte superior. Seus olhos fechados recusam-se a presenciar a maldade humana. As mãos que seguram a cruz são as de Simão Sirineu.

O Cristo silencioso, cujo rosto situa-se no encontro de duas diagonais, repassa tristeza, dor e resignação, contrasta com a algazarra dos verdugos e suas faces ferozes, que se encontram em grupos de três e quatro pessoas.

No canto inferior esquerdo, Verônica exibe um pano com o rosto de Cristo. O bom ladrão, de rosto pálido e olhos angustiantes, aparece no canto superior direito, entre dois algozes, enquanto o mau ladrão,  amarrado com cordas, é o último, na parte inferior direita.

Esta pintura tão organizada e serena é uma das que fogem à criatividade fantástica e desmedida do artista.

Ficha técnica:
Data: 1515 -1516
Técnica: óleo sobre madeira
Dimensões: 76, 7 x 83,5 cm
Localização: Museum voor Kunsten, Ghent, Bélgica

Fontes de Pesquisa:
Gênios da pintura/ Abril Cultural
A história da arte/ E.H. Gombrich
Grandes Mestres/ Abril Coleções

2 comentários sobre “Bosch – CRISTO CARREGANDO A CRUZ

  1. Rosalí Amaral

    Lu,

    É impressionante como o artista consegue expressar na tela o contraste entre as expressões faciais e semblantes de todos. Enquanto Cristo demonstra um rosto delicadamente tranquilo, os outros homens apresentam faces carregadas, demonstrando que foram corrompidos pela ganância e crueldade e que perderam todo o sentimento humano. Realmente muito expressiva esta obra. Gostei!

    Abraços,
    Rosalí.

    Responder
    1. LuDiasBH

      Rose

      Para mim esta é a obra mais bonita de Bosch.
      A ferocidade impressa no rosto das outras figuras é amedrontadora.
      Cristo segue em meio à maldade humana.
      Nenhum animal é mais cruel do que o homem.

      Beijos,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *