Ticiano – ALEGORIA DA PRUDÊNCIA

Autoria de LuDiasBH

aledap
A composição denominada Alegoria da Prudência é uma obra do pintor italiano Tiziano Vacellio, conhecido por Ticiano, em que o pintor retrata a si mesmo, a seu filho Orazio e, possivelmente, a seu sobrinho Marco Vecellio, representando as três Idades do homem. Filho e sobrinho trabalharam com o pintor.

Estão representados da esquerda para a direita:
• a velhice (Ticiano) – virada para a esquerda
• a idade adulta ou maturidade (seu filho Orazio) – virada para frente
• a juventude (seu sobrinho Marco Vecellio) – virada para a direita

Abaixo das cabeças humanas estão representadas as de três animais:
• o lobo – voltada para a esquerda
• o leão – voltada para a frente
• o cão – voltada para a direita

A alegoria também se refere ao tempo: passado, presente e futuro. Os animais, conforme certas tradições, estão ligados a tais categorias do tempo e à prudência. Segundo o escritor Macrobius, do século V, a cabeça do leão refere-se ao presente, quando se é forte; a cabeça do lobo é designada pelo passado; a cabeça do cão representa o futuro.

Uma inscrição latina faz um meio círculo em volta das cabeças humanas. Ela diz: EX PRAETERITO / Praesens PRUDENTER AGIT / NE FUTURA actione DETURPET , que pode ser traduzida como: “A partir da experiência do passado, opere o presente de forma prudente, para não estragar as ações futuras”. Segundo alguns, Ticiano tinha como objetivo direcionar sua família, em relação à herança que deixaria, após sua morte.

Embora haja muitas explicações sobre a pintura, a mais aceita é a de que Ticiano tinha por objetivo mostrar que a prudência é fruto da experiência, que por sua vez vem com a velhice, importante para a discriminação e o julgamento artístico.

Ficha técnica
Ano: c. 1560
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 75,5 x 68,4 cm
Localização: The National Gallery, Londres, Grã-Bretanha

Fontes de pesquisa
Ticiano/ Editora Taschen
www.totallyhistory.com/allegory-of-prudence/
http://www.titian.org/an-allegory-of-prudence.jsp

2 comentários sobre “Ticiano – ALEGORIA DA PRUDÊNCIA

  1. Leila Gomes

    Lu

    Perfeita associação entre homens e animais. Belíssima obra e seu esclarecimento sobre a mesma, sempre impecável.

    Abraços,

    Leila

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Leila

      É bom ter como leitora alguém, que se encanta com as obras de arte, e delas extrai grande sabedoria. Fico muito feliz com a sua presença.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *