DUAS MULHERES NA RUA (Aula nº 94 D)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Lu Dias Carvalho

O pintor alemão Ernst Ludwig Kirchner (1880–1938) estudou arquitetura em Dresden e fez um curso de arte em Munique. Foi responsável por formar o grupo expressionista alemão Die Bücke com mais três colegas de faculdade, também amantes da pintura. Passou um tempo nos lagos Moritzburg para pintar nus em ambientes naturais. Em Berlim criou uma série de pinturas tidas como ponto de destaque do Expressionismo. À medida que envelhecia, seu estilo ia se tornando cada vez mais abstrato.

A composição intitulada Duas Mulheres na Rua é uma obra expressionista do pintor que executou uma série de pinturas, nas quais mostra cenas das ruas berlinenses, com a tensão característica da vida nas metrópoles.

Duas mulheres bem vestidas, com peles e chapéus de penas, de acordo com o estilo da época, são as figurais centrais da obra. Elas possuem tamanhos distintos. Trazem rostos de forma triangular, simplificados, lembrando máscaras (o artista era fã do primitivismo). As figuras apresentam certa distância do observador. O desenho anguloso e o sombreamento cruzado e forte repassam movimento à pintura.

As figuras ocupam praticamente toda a tela, dentro de uma perspectiva muito reduzida, sem que haja qualquer referência ao horizonte. Só é possível ao olhar do observador viajar através dos profundos decotes em V das duas mulheres ou de suas cabeças excessivamente ornamentadas.

O arco cor-de-rosa à direita tem por objetivo equilibrar a composição e remete aos suntuosos edifícios de Berlim. O pintor deixa sua marca de arquiteto ao criar as roupas das duas mulheres de uma forma escultural, remetendo à arquitetura. O artista em sua composição fez uso de cores ácidas e luminosas que ganham ênfase com seu desenho expressivo e com as pinceladas que ele deixa à vista. Sua paleta, muito comum à época, reduz-se aos tons de verde, amarelo, rosa e preto.

Ficha técnica
Ano: 1914
Técnica: óleo sobre tela
Dimensões: 120,5 cm x 91 cm
Localização: Kunstsammlung Nordrhein-Westfalen, Düsseldorf, Alemanha

Fonte de pesquisa
Tudo sobre arte/ Editora Sextante

2 comentaram em “DUAS MULHERES NA RUA (Aula nº 94 D)

  1. Adevaldo R. de Souza

    Lu

    Interessante a pintura de Ernst Ludwig Kirchner com seu sombreamento cruzado, ressaltando o senso de movimento e forma triangular dos personagens. Destacam as seguintes características:

    • As cores são luminosas e ácidas, enfatizadas pelo estilo do desenho extremamente expressivo e suas pinceladas visíveis.
    • As mulheres são retratadas com os rostos angulosos e alongados e com características bem delineadas.
    • O uso do arco rosa foi essencial para a composição ficar equilibrada. O arco funciona como uma lembrança de lugar e representa a faceta dos grandiosos edifícios de Berlim. As roupas das mulheres nesta obra também aparecem de forma escultural e quase arquitetônica.
    • Os lábios e as mãos das mulheres retratadas são enfatizados, porque essas características são essenciais ao ressaltar a carga sexual noturna das ruas. Além disso, receberam características faciais individuais que vão além da pele amarelada e das formas que lembram máscaras.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Adevaldo

      Os pintores alemães foram os grandes mestres do Expressionismo. O fato de ter estudado arquitetura leva Ernst Ludwig Kirchner a demonstrar isso em sua pintura. Você fez uma brilhante descrição da obra. Parabéns!

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.