PIETÀ DE CARRACCI – (Aula nº 65 A)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

 Autoria de LuDiasBH

                                                       (Clique na imagem para ampliá-la.)

O pintor italiano Annibale Carracci (1560-1609), oriundo de Bolonha, foi um dos grandes responsáveis pelo início do período barroco, tendo deixado uma importante contribuição para a pintura. Sua obra intitulada Pietá é sem dúvida uma das pinturas mais famosas de seu tempo, como mostram as inúmeras cópias, derivações e transposições de gravuras relativas a ela através dos tempos. Hoje é um verdadeiro cânone da representação da Pietà (Madona) no período barroco. Antes de executá-la, o artista fez alguns estudos, tendo três deles chegado aos nossos dias, o que permite acompanhar o seu raciocínio na criação de tão belo trabalho. Estudamos hoje sua mais famosa obra. Primeiramente é necessário acessar o link CARRACCI – PIETÀ e ler o texto com muita atenção, sempre voltando a esse quando se fizer necessário.

  1.  A temática da pintura de Carracci é:

    1. Histórica
    2. Religiosa
    3. Mitológica
    4. Científica

  2. “Pietá” é uma palavra italiana que significa:

    1. Piedade
    2. Perseverança
    3. Prudência
    4. Purificação

  3. Três estudo feitos pelo pintor sobre a obra chegaram aos nossos dias, sendo possível saber que ele fez modificações na última versão preparatória em relação à primeira, ficando essa bem próxima do resultado final. Na primeira versão a Virgem Maria encontrava-se…………….. ao lado do corpo morto de Cristo.

    1. recostada
    2. de pé
    3. ajoelhada
    4. sentada

  4. Na primeira versão dos estudos encontrados, o corpo de Jesus:

    1. Encontrava-se estendido no chão.
    2. Permanecia no colo de sua mãe.
    3. Era amparado por dois apóstolos.
    4. Repousava sobre o túmulo.

  5. No que diz respeito à posição do corpo morto de Cristo, todas as respostas estão corretas, exceto:

    1. Parte de seu corpo repousa sobre as pernas e ventre de Maria.
    2. Sua cabeça descansa sobre a mão esquerda de sua mãe Maria.
    3. Suas pernas estão estendidas sobre uma mortalha branca no chão.
    4. Seu pé esquerdo postado à frente do direito mostra a marca do prego.

  6. Sobre os dois anjinhos alados presentes na pintura não podemos afirmar que:

    1. Apresentam-se nus e extremamente tristonhos.
    2. Um deles se debruça sobre o corpo da Virgem, sustendo a mão de Cristo.
    3. O outro, sentado, espeta o dedinho anular na coroa de espinhos.
    4. O anjinho sentado olha diretamente para o observador.

  7. A escala monumental das figuras e a composição piramidal chamam a atenção para:

    1. A tristeza da mãe de Cristo junto ao corpo do filho morto.
    2. O desalento dos dois anjos que compõem a piedosa obra.
    3. O rosto choroso de Maria e o gesto comovente de sua mão.
    4. A gravidade da morte de Cristo e o sofrimento de sua mãe.

  8. O grupo formado pela Virgem, pelo corpo de Jesus e pelos dois anjos encontra-se próximo:

    1. ao sepulcro aberto
    2. aos degraus de uma escada
    3. aos restos de uma edificação
    4. a um monte de pedras

  9. Todos os personagens encontram-se envoltos pela escuridão noturna, só visíveis em razão:

    1. dos efeitos de luz e do buraco no céu à esquerda
    2. dos efeitos de luz e das cores das vestes
    3. das cores das vestes e da luz da lua
    4. das cores das vestes e do relâmpago à esquerda

  10. Carracci mostra nesta obra a sua habilidade em combinar de forma original o estilo de dois mestres do passado:

    1. Leonardo da Vinci e Rafael
    2. Fra Angelico e Masaccio
    3. Correggio e Michelangelo
    4. Giotto e Ticiano

Gabarito
1.b / 2.a / 3.c / 4.d / 5.b / 6.c / 7.d / 8.a / 9.b / 10.c

4 comentários em “PIETÀ DE CARRACCI – (Aula nº 65 A)

  1. Marinalva Autor do post

    Lu
    Neste trabalho Carracci retrata o sofrimento sereno de Maria que com delicadeza embala a cabeça de seu filho Jesus. Ela está com o rosto inclinado sobre o corpo de seu filho. Uma tristeza resignada dos anjos, nos leva a refletir sobre o sofrimento de Jesus Cristo.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marinalva

      Trata-se de uma obra belíssima, embora carregada de denso sofrimento, como você explica.

      Abraços,

      Lu

      Responder
  2. Adevaldo R. de Souza

    Lu,
    São lindas as obras de Carracci e Caravaggio, mostradas nas aulas 64, como representantes da arte Barroca.
    Conforme os ensinamentos do curso, as principais características do Barroco são: fervor religioso, contrastes no uso de luzes e sombras extasiantes, apelo às emoções com o objetivo de convencer o observador em relação à fé e utilização de efeitos assimétricos e movimentos diagonais.

    Penso que a obra de Caravaggio (A dúvida de Tomé) representa melhor o Barroco do que a obra de Carracci (Pietá) – estudada na aula 64 A. Na minha maneira de ver a obra de Carracci apresenta imagens mais idealizadas, enquanto que a de Caravaggio retrata as cenas com mais realidade e dramaticidade.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Adevaldo

      Na minha avaliação, Caravaggio foi o maior mestre do Barroco, não sendo suplantado por nenhum outro. O seu compromisso com a verdade tornou suas obras únicas. Ao estudarmos alguma obras deles isso ficará bem claro.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *