Velázquez – RETRATO DO ANÃO FRANCISCO LEZCANO

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

retanao

A composição intitulada Retrato do Anão Francisco Lezcano – também conhecida como Francisco Lezcano, o Menino de Vallescas – é uma das obras mais admiráveis do pintor espanhol Diego Velázquez que captou com sensibilidade e carinho o seu retratado, como fez com outros anões, truões e doentes mentais pessoas à margem da sociedade cortesã. É tido como um dos retratos mais comoventes da história da arte. O pequeno e disforme Francisco Lezcano era conhecido como Vizcaíno. Segundo relatos, ele sofria do que hoje é conhecido como “síndrome de Down”.

O retratado encontra-se vestido de verde, sentado na entrada de um local parecido com uma gruta, tendo às costas a vista de uma serra. Sua perna direita, deformada, é bem menor do que a esquerda. Ele traz nas mãos rechonchudas um maço de cartas de baralho, para que se entretenha durante a sessão de pintura. Apesar de seu diminuto corpo, possui uma cabeça grande que se inclina para a direita e ligeiramente para trás. Seu rosto, embora de uma beleza indescritível, não repassa nenhum tipo de emoção, como se tivesse alheio a tudo a sua volta. A boca semiaberta deixa à vista alguns de seus dentes, embora não esteja sorrindo. Os olhos parecem fitar algo distante ou possivelmente o nada.

Velázquez em seus retratos oficiais não se preocupava em deixar à vista a vida interior dos retratados. Importava-lhe o seu status e não o seu estado de espírito, contudo, a inteligente penetração psicológica desta pintura, obtida através de uma apresentação objetiva , mas até certo ponto simpática do retratado, torna esse um dos retratos mais tocantes do século XVII.

Ficha técnica
Ano: 1636-1644
Dimensões: 107 x 83 cm
Técnica: óleo sobre tela
Localização: Museu do Prado, Madri, Espanha

Fontes de pesquisa
Velázquez/ Taschen
Velázquez/ Coleção Folha
Pintura na Espanha/ Cosac e Naify Edições

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *