RANKING DOS 100 MELHORES FILMES / DRAMA
Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de Moacyr Praxedes

rasod

Vários amantes do Cinema escolheram os melhores filmes de todos os tempos do gênero Drama, dando-lhes uma nota de 1 a 10. E assim surgiu o Ranking dos Melhores Filmes de Drama de Todos os Tempos, conforem explica o blog Melhores Filmes:

Para chegar a esta lista de filmes, foi realizada uma pesquisa minuciosa com livros de cinema, em sites e revistas internacionais especializadas, e levou-se em consideração também a premiação em festivais e críticas em importantes veículos mundiais. A cada filme, foi atribuída uma nota, de acordo com a média formulada a partir da pesquisa inicial e do peso que cada obra contém na história do cinema mundial. (http://melhoresfilmes.com.br/generos/drama)

Ranking / Filme / Diretor

1º – Cidadão Kane  (Orson Welles)
2º – A Regra do Jogo  (Jean Renoir)
3º – Um Corpo Que Cai  (Alfred Hitchcock)
4º – 8 ½  (Federico Fellini)
5º – O Poderoso Chefão 2  (Francis Ford Coppola)
6º – O Encouraçado Potekim  (Sergei Eisenstein)
7º – O Poderoso Chefão  (Francis Ford Coppola)
8º – Era Uma Vez em Tóquio  (Yasujiro Ozu)
9º – Os Sete Samurais  (Akira Kurosawa)
10º – Rastros de Ódio  (John Ford)
11º – A Aventura  (Michelangelo Antonioni)
12º – Ladrões de Bicicletas  (Vittorio De Sica)
13º – A Paixão de Joana D’Arc  (Carl Theodor Dreyer)
14º – Lawrence da Arábia  (David Lean)
15º – Touro Indomável  (Martin Scorsese)
16º – Acossado  (Jean-Luc Godard)
17º – A Doce Vida  (Federico Fellini)
18º – O Atalante  (Jean Vigo)
19º – Aurora  (F.W. Murnau)
20º – Rashomon  (Akira Kurosawa)
21º – Casablanca  (Michael Curtiz)
22º – Crepúsculo dos Deuses  (Billy Wilder)
23º – Jules e Jim – Uma Mulher para Dois  (François Truffaut)
24º – Fanny & Alexander  (Ingmar Bergman)
25º – Taxi Driver  (Martin Scorsese)
26º – Contos da Lua Vaga  (Kenji Mizoguchi)
27º – Pacto de Sangue  (Billy Wilder)
28º – Sindicato de Ladrões  (Elia Kazan)
29º – A Canção da Estrada  (Satyajit Ray)
30º – Chinatown  (Roman Polanski)
31º – Morangos Silvestres  (Ingmar Bergman)
32º – A Grande Ilusão  (Jean Renoir)
33º – O Boulevard do Crime  (Marcel Carné)
34º – Ivan, o Terrível – Parte I  (Sergei Eisenstein)
35º – Apocalypse Now  (Francis Ford Coppola)
36º – Ouro e Maldição  (Erich von Stroheim)
37º – A Grande Testemunha  (Robert Bresson)
38º – O Sétimo Selo  (Ingmar Bergman)
39º – O Tesouro de Sierra Madre  (John Huston)
40º -Soberba  (Orson Welles)
41º – O Desprezo  (Jean-Luc Godard)
42º – Metrópolis  (Fritz Lang)
43º – A Lista de Schindler  (Steven Spielberg)
44º – A Palavra  (Carl Theodor Dreyer)
45º – Os Incompreendidos  (François Truffaut)
46º – Se Meu Apartamento Falasse  (Billy Wilder)
47º – Um Estranho no Ninho  (Milos Forman)
48º – O Conformista  (Bernardo Bertolucci)
49º – Tempos Modernos  (Charles Chaplin)
50º – Amarcord  (Federico Fellini)
51º – A Malvada  (Joseph L. Mankiewicz)
52º – A Estrada da Vida  (Federico Fellini)
53º – Andrei Rublev  (Andrei Tarkovsky)
54º – A Ponte do Rio Kwai  (David Lean)
55º – Os Bons Companheiros  (Martin Scorsese)
56º – A Felicidade Não Se Compra  (Frank Capra)
57º – Persona  (Ingmar Bergman)
58º – Tempo de Violência  (Quentin Tarantino)
59º – O Intendente Sansho  (Kenji Mizoguchi)
60º – Viridiana  (Luis Buñuel)
61º – O Leopardo  (Luchino Visconti)
62º – Amadeus  (Milos Forman)
63º – A Batalha de Argel  (Gillo Pontecorvo)
64º – Ran  (Akira Kurosawa)
65º – Blade Runner, o Caçador de Andróides  (Ridley Scott)
66º – Desencanto  (David Lean)
67º – Embriaguez do Sucesso  (Alexander Mackendrick)
68º – O Espelho  (Andrei Tarkovsky)
69º – Napoleão  (Abel Gance)
70º – Onde Começa o Inferno  (Howard Hawks)
71º – Laranja Mecânica  (Stanley Kubrick)
72º – E o Vento Levou  (Victor Fleming)
73º – Uma Aventura na África  (John Huston)
74º – ET – O Extraterrestre  (Steven Spielberg)
75º – As Oito Vítimas  (Robert Hamer)
76º – Rocco e Seus Irmãos  (Luchino Visconti)
77º – Coronel Blimp – Vida e Morte  (Michael Powell)
78º – O Mensageiro do Diabo  (Charles Laughton)
79º – Vinhas da Ira  (John Ford)
80º – Crisântemos Tardios  (Kenji Mizoguchi)
81º – No Tempo das Diligências  (John Ford)
82º – A Idade do Ouro  (Luis Buñuel)
83º – Fale com Ela  (Pedro Almodóvar)
84º – Nashville  (Robert Altman)
85º – Sem Novidades no Front  (Lewis Milestone)
86º – M*A*S*H  (Robert Altman)
87º – A Bela e a Fera  (Jean Cocteau)
88º – Uma Rua Chamada Pecado  (Elia Kazan)
89º – Fargo – Uma Comédia de Erros  (Joel Coen)
90º – Amor, Sublime Amor  (Robert Wise)
91º – Manhattan  (Woody Allen)
92º – Viver  (Akira Kurosawa)
93º – Consciências Mortas  (William A. Wellman)
94º – Ano Passado em Marienbad  (Alain Resnais)
95º – Roma, Cidade Aberta  (Roberto Rossellini)
96º – Os Esquecidos  (Luis Buñuel)
97º – Era uma Vez na América  (Sergio Leone)
98º – A Noviça Rebelde  (Robert Wise)
99º – O Sol É para Todos  (Robert Mulligan)
100º – Asas do Desejo  (Wim Wenders)
Vejam também RANKING – MAIS 100 BONS FILMES / DRAMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *