Fra Angelico – A ANUNCIAÇÃO

Autoria de LuDiasBH

fra

– O Espírito Santo descerá sobre ti e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. (Anjo Gabriel)

-Eis aqui a serva de Deus; faça-se em mim segundo a tua palavra. (Virgem Maria)

Fra Angelico (1384-1455) tinha a Anunciação como tema constante na sua obra. A história bíblica, que narra o encontro do anjo Gabriel com a Virgem Maria, para lhe dizer que fora escolhida como mãe do Salvador, foi retratado por ele diversas vezes.

A Virgem e o anjo encontram-se num pórtico iluminado e colorido, inclinados, numa posição de extrema modéstia e submissão. Acima da coluna central do pórtico, situada entre Maria e o anjo, está presente Deus Pai, que a tudo presencia.

Com sua figura graciosa e delgada, a Virgem Maria encontra-se assentada numa cadeira vistosa, e traz no colo as Sagradas Escrituras. Está vestida com singeleza e tem os cabelos cobertos por um fino véu.  As mãos cruzadas sobre o peito demonstram a sua humildade e reverência diante de tão divinal missão. Raios de luz divina, atravessando a composição em diagonal, recaem sobre ela, iluminando suas vestes.

 A pomba branca, que desce numa bola de luz em direção à Virgem, simboliza o Espírito Santo. E a descida do Espírito Santo simboliza o momento exato da concepção. Uma aura de luz, comum em todos os santos, circunda a cabeça de Maria e a dos dois anjos presentes na composição, simbolizando a santidade.

Gabriel encontra-se ricamente vestido, com raios dourados ejetando-se de suas vestes e traz asas esplendorosas, o que demonstra a sua importância como mensageiro de Deus. Apesar de sua relevância, sua postura é de humildade. A seu lado esquerdo encontra-se uma passagem, coberta com uma cortina vermelha, que leva ao quarto de Maria. A cobertura do passadouro simboliza o recolhimento e a vida recatada da Virgem.

Uma cerca e uma sebe florida fazem a separação entre o cenário, onde se encontram a Virgem e o anjo Gabriel, e aquele onde se vê Adão e Eva sendo expulsos do Paraíso. As rosas brancas destacam-se, representando a pureza da Virgem. As flores delicadas, que se espalham pelo jardim, são parecidas com as estrelas vistas no teto negro do pórtico. Do outro lado da cerca, as árvores são frutíferas. A andorinha, pousada acima da coluna central, simboliza a ressurreição de Cristo.

Além do anjo Gabriel há na pintura outro anjo: aquele que aponta sua espada para Adão e Eva, ao expulsá-los do paraíso. Os anjos são retratados como dois jovens. Adão e Eva, num plano superior, envergonhados, são expulsos por um anjo do Jardim do Éden. Os dois pecadores encontram-se num terreno árido e desolador, bem diferente da beleza vista em derredor. Ao contrário de outras representações de Adão e Eva, Fra Angelico retrata-os vestidos, de acordo com o objetivo que ele via na pintura.

Na sua pintura A Anunciação, Fra Angelico apresenta a expulsão de Adão e Eva do Paraíso e a visita do anjo Gabriel à Virgem, ao mesmo tempo. Como suas pinturas tinham sempre o objetivo de doutrinar, ele quis mostrar que, apesar da queda da humanidade, Cristo nasceria para libertá-la de seus pecados.

Fontes de pesquisa:
Artes em Detalhes/ Folha
Grandes Pinturas/ Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *