A VIRGEM DO PESCOÇO LONGO (Aula nº 62 C)

Siga-nos nas Redes Socias:
FACEBOOK
Instagram

Autoria de LuDiasBH

                                                (Clique na imagem para ampliá-la.)

O pintor italiano Parmigianino, cujo nome original era Girolamo Francesco Maria Mazzola, foi um dos artistas do Maneirismo. A composição intitulada Virgem do Pescoço Longo — também conhecida por Madonna e Criança com os Anjos e São Jerônimo, ou ainda Madona do Colo Longo — é uma de suas obras. Ele teve uma vida muito breve. Recebeu influência de Correggio, Rafael e Michelangelo. Além de criar retratos e pinturas mitológicas, também pintou afrescos e fez desenhos preparatórios de pinturas. Chamam a atenção a elegância das figuras e suas dimensões alongadas. A obra que estudamos hoje encontra-se entre as mais conhecidas. Primeiramente é necessário acessar o link Parmigianino – VIRGEM DO PESCOÇO LONGO e ler o texto com muita atenção, sempre voltando a esse quando se fizer pertinente.

  1. A pintura em questão possui uma temática:

    1. Religiosa
    2. Histórica
    3. Mitológica
    4. Científica

  2. Ela é tida como uma das mais importantes obras do estilo …………… italiano.

    1. renascentista
    2. românico
    3. gótico
    4. maneirista

  3. A figura principal da obra é:

    1. São Jerônimo
    2. o Menino Jesus
    3. a Virgem Maria
    4. o anjo maior

  4. O Menino Jesus, nu, dorme candidamente no colo da mãe, com os bracinhos abertos em forma de …………. e as perninhas separadas.

    1. M
    2. cruz
    3. T
    4. arco

  5. A Virgem com seu pescoço alongado — parecido com o de um cisne —, elegantemente vestida, sentada num alto pedestal, mostra-se…………

    1. alegre
    2. triste
    3. tensa
    4. nervosa

  6. A Virgem, com seu tamanho quase sobrenatural, usa um vestido colado ao corpo que mostra o formato de seu seio esquerdo e do:

    1. seio direito
    2. joelho esquerdo
    3. pescoço
    4. umbigo

  7. Os cabelos da Madona estão penteados e ornados com um aro de:

    1. pedras preciosas
    2. flores douradas
    3. pérolas
    4. oliveira

  8. Todas as afirmativas dizem respeito à Virgem, exceto:

    1. Traz a cabeça levemente voltada para a direita da composição, enquanto os olhos baixos fitam seu Menino.
    2. A mão direita sustém o filho pelos ombros e costa e a esquerda toca seu próprio peito.
    3. O pé direito descansa sobre duas almofadas, uma azul e outra vermelha, enquanto o esquerdo apoia-se no patamar do pedestal.
    4. As mãos da Virgem são finas e os dedos alongados e seu manto azul apresenta grande volume.

  9. O Menino Jesus repassa a sensação de que:

    1. Poderá cair do colo da mãe.
    2. É desproporcional ao tamanho da mãe.
    3. Sente-se incomodado naquela posição.
    4. Está olhando para o rosto da mãe.

  10. Todas as afirmativas relativas aos anjos estão corretas, exceto:

    1. Estão amontoados num pequeno espaço à esquerda, adorando o Menino.
    2. O pequenino anjo, ainda inacabado, está debaixo do cotovelo direito da Virgem.
    3. Os seis anjos possuem tamanhos variados e não é vista nenhuma de suas asas.
    4. O anjo que olha para o observador traz semelhanças com o pintor da obra.

  11. Um dos anjos tem nas mãos um enorme vaso no qual se vê …………. de um crucifixo, referindo-se ao futuro da Criança.

    1. o traçado
    2. o reflexo
    3. a pintura
    4. incrustação

  12. Sobre a coluna branca erguida atrás da Virgem não podemos afirmar que:

    1. Ergue-se à esquerda da composição e dá a impressão de profundidade.
    2. Serve de sustentação para o grupo principal.
    3. Pode aludir “à coluna de marfim” que Maria representa.
    4. Entre ela e a Virgem está a figura de São Jerônimo com um pergaminho.

  13. O artista alongou as proporções do corpo da Virgem, assim como outras figuras apresentadas na composição porque:

    1. Não tinha nenhum conhecimento das técnicas da pintura.
    2. Era ignorante e indiferente à arte criada no Renascimento.
    3. Não sabia distribuir as figuras na composição e quis inovar.
    4. Queria mostrar que havia outra solução para chegar à harmonia.

  14. A obra em questão encontra-se inacabada porque:

    1. O pintor desistiu de seu trabalho.
    2. Recebeu outra encomenda.
    3. Faleceu antes de completá-la.
    4. Quebrou a mão num acidente.

Gabarito
1.a / 2.d / 3.c / 4.b / 5.a / 6.d / 7.c / 8.b / 9.a / 10.c / 11.b / 12.a / 13.d / 14.c

Obs.: Conheça outra obra do artista acessando o link abaixo:
Parmigianino – MADONA DE SÃO ZACARIAS

2 comentários em “A VIRGEM DO PESCOÇO LONGO (Aula nº 62 C)

  1. Marinalva Autor do post

    Lu
    No decorrer das aulas sobre História da Arte, vimos as dificuldades na ocorrência das mudanças nas artes. Mas os artistas conseguiram ultrapassar, mesmo que lentamente, muitas barreiras. Novos estilos foram surgindo e artistas como o pintor Parmigiano, criaram obras importantes. A que trouxe mais fama a Parmigiano foi a A Virgem de Pescoço Longo. Através de sua arte ele nos transmite sensações estranhas e estimulantes ao mesmo tempo. Ao mesmo tempo que ele assimila o clássico, converte -o em Maneirismo, mantendo o ilusionismo do Classicismo, porém o traduz em modelos mais decorativos, com formas de maior vitalidade.

    Responder
    1. LuDiasBH Autor do post

      Marinalva

      As mudanças passam, quase sempre, por muitas dificuldades, até que sejam plenamente aceitas e incorporem-se totalmente à arte. Veremos isso acontecer no limiar de cada novo estilo, até mesmo nos dias de hoje. Parmigiano foi sem dúvida um dos grandes nomes desse período.

      Abraços,

      Lu

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *